terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Decisão




A nossa vida é uma página em branco, e através de nossas escolhas decidimos o que vamos escrever.
Depois de escrito, não dá para apagar. Mas você pode pular para outra linha e escrever outra coisa. Porque você é quem escolhe, você é quem escreve.
Também não dá para arrancar a folha já escrita e jogar fora.
Precisamos aprender a reescrever a nossa história, fazendo as escolhas corretas. Pois é, e como saber se as escolhas que fazemos são as certas? Saiba que a vida sempre nos dá sinais, nós é que fingimos não ver ou não vemos mesmo por estarmos tão cegos.
Ninguém é responsável pela sua felicidade a não ser você mesmo.
Abandone o sentimento de auto-piedade, de culpa, de raiva por não estar vivendo a vida que sonhou. Pegue a caneta e comece já a reescrever a sua história. Porque nunca é tarde para recomeçar.
Tenha coragem!
Se veja com 80, 90 anos e se pergunte, como você quer estar quando chegar lá.
O que você decidir escrever hoje é que fará toda a diferença amanhã.

Sylvia

Mudança




Mudança não é algo agradável. Dá trabalho, cansa empacotar as coisas, se desfazer de outras que já não nos servem mais, fora que em toda mudança sempre algo que gostamos muito acaba se quebrando, arranhando, enfim, mudança não é fácil, mas às vezes é necessário.
E depois da mudança vem outro período cansativo, colocar as coisas no lugar, a adaptação e por aí vai. Mas depois de tudo pronto, arrumado e organizado, temos um sentimento de realização e satisfação, de prazer!
Há momentos em nossa vida que não temos outra alternativa a não ser mudar. Mudamos ou continuaremos repetindo os mesmos erros, não sairemos do lugar, não avançaremos, e do mesmo jeito ficaremos cansados, porque quando não estamos vivendo aquilo que sonhamos e ficamos estagnados no mesmo, cansamos. Mas não adianta cansar e não fazer nada.
Que este seja um tempo de reflexão sobre que mudanças precisamos fazer e não ter medo. Porque ou mudamos ou tudo continuará se repetindo.

Sylvia